quarta-feira, 1 de agosto de 2012

Conversa com um Cidadão Desempregado


Concordo contigo: teria sido melhor
para nós,
para toda a horda,
continuarmos bárbaros.

Foi um erro largarmos nossos arcos
e flechas,
nossas lanças
e fivelas.

Aceitamos a civilização
Depressa demais,
como cães que não bebem água
há muito tempo,
como porcos que foram privados
de suas bolotas.

Deveríamos ter pensado mais
nas vantagens e desvantagens
da civilização que ignorávamos

Agora é tarde,
É muito tarde.

Resta-nos aceitar o desemprego
a variedade assombrosa de objetos
que vêm do Extremo Oriente,
e nos distraem de nossos salários ridículos,
e, também, divertir-nos com corpos
de top-models que o marketing
da lingerie traz à imaginação
por meio da tevê
e ultimamente, a preços irrisórios,
em vídeos vendidos
em qualquer esquina
urbana, e suburbana.  

Nenhum comentário:

Postar um comentário